Tenha uma boa noite! Hoje é Sábado, dia 14 de Dezembro de 2019. Agora são 20:34:09 hs
03 Abr

Primo pobre também na PLR... Destaque

 





Você, trabalhador, já sabe que nós recebemos o menor piso salarial entre as estatais. Agora, será que vamos ser o “primo pobre” também na questão da PLR? Será que vamos amargar o prejuízo de receber menos até que os funcionários de empresas como a Sama Minerações, que está em um processo de fecha-não-fecha por conta do banimento do amianto?!

O fato é que várias empresas estatais e privadas já pagaram para seus trabalhalhadores a parcela referente à divisão dos lucros, enquanto os Correios ainda sequer anunciaram os valores da nossa PLR 2012 (que será paga esse ano) e dificultam a negociação da PLR 2013 (paga em 2014).

Como de praxe, a direção da ECT não negociou com a categoria no ano passado e insiste em esconder o quanto cada trabalhador deverá receber. Na tentativa de descobrir, o Sintect-GO recorreu ao Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (Lei da Acesso à Informação), requerendo informações, tanto na Empresa quanto no Ministério do Planejamento, a respeito da proposta apresentada pela ECT ao DEST para pagamento da PLR 2012. No entanto, os Correios e o Ministério do Planejamento se negam a divulgá-la.

Após várias tentativas sem êxito, o Sintect-GO recorreu à Controladoria Geral da União para ter respeitado o direito de acesso à proposta, que é um documento oficial e público. Mas até agora, nada.
Sabemos que mais uma vez os Correios bateram recordes de lucros, fala-se que estes lucros teriam ultrapassado a marca de R$ 1 bilhão. Tudo fruto do suor dos trabalhadores de base, que são sempre menosprezados na hora da divisão do bolo.

Se por um lado o alto escalão se lambuza; de outro, o trabalhador fica com as migalhas. Até quando?

Vamos lutar para que este ano a história seja diferente. Vamos brigar por uma PLR 2013 mais justa! Participe das Assembleias dia 5 de abril.

VEJA CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIAS

 
Fonte/Autoria: Daniela Martins • Assessora de Comunicação Sintect-GO
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo