Tenha um bom dia! Hoje é Quinta, dia 02 de Julho de 2020. Agora são 09:53:16 hs
30 Set

Fentect protocola contraproposta e deixa ECT em xeque Destaque





Os membros do Comando de Negociação da Campanha Salarial 2013/2014, protocolaram, na última sexta-feira (27/09), a contraproposta elaborada pelo Comando e aprovada pela maioria dos Sindicatos filiados à Fentect, em suas assembleias. O texto, protocolado no Tribunal Superior do Trabalho (TST), destinada aos Ministros da Seção de Dissídios Coletivos do TST e, em especial, ao relator do Dissídio Coletivo suscitado pela ECT, Ministro Fernando Eizo Ono e também na ECT, prevê:
 
1º. Manutenção da Assistência Médica (Correios Saúde) nos moldes atuais e extensivos aos novos empregados, mantendo-se a ECT como gestora direta do Correios Saúde, sem a possibilidade de gestão por qualquer outra entidade;

2º. Abono dos dias parados, incluindo as paralisações dos dias 11/07 e 30/08, comprometendo os trabalhadores a colocar a carga represada por conta da greve nacional em dia;

3º. Reajuste salarial de 8% extensivo a todos os benefícios;

4º. Aumento linear de R$ 100,00;

5º. Implantação da Entrega Postal matutina em todo o território Nacional;

6º. Pagamento de Auxílio-Creche a todos os funcionários, sem discriminação;

7º. Contratação imediata de mais trabalhadores, através de Concurso Público, em substituição aos terceirizados e MOT’s;

8º. Isonomia das gratificações de função motorizada pelo maior valor em todas as DR’s.
 
A Fentect denuncia que a ECT está utilizando sua rede interna para praticar atitudes ilegais, coagindo os trabalhadores no ambiente de trabalho e causando confusão quanto às tratativas do Acordo Coletivo de Trabalho. A Empresa tenta iludir os trabalhadores com a falsa expectativa de avançar nas negociações regionais, uma atitude contraditória, tendo em vista que os Correios haviam se manifestado no sentido de esperar a decisão do julgamento do Dissídio Coletivo.
 
Numa demonstração de desespero frente à firmeza dos trabalhadores em manterem a Greve Nacional, a Direção dos Correios tem utilizado seus informativos, especialmente o Plantão do Acordo, para mentir, assediar e coagir os trabalhadores e as diretorias dos sindicatos a aprovarem a última proposta da ECT, já rejeitada pelas assembleias, e aprovada, contra a vontade dos trabalhadores, pelas diretorias sindicais de SP, RJ, RO, RN e Bauru, um golpe que resultou num pseudo-acordo que ataca nosso plano de saúde e que agora tentam estender às demais bases sindicais.
 
Entendemos que, se a ECT pretende reabrir as negociações, deve fazê-lo com os trabalhadores legitimamente eleitos e indicados pelos sindicatos para representar a categoria em nível nacional, ou seja, o Comando Nacional de Negociação e Mobilização da FENTECT. Repudiamos a postura antidemocrática e anti-sindical da Direção dos Correios e alertamos os companheiros a não se deixarem enganar com falsas promessas das Diretorias Regionais. Informamos que o Departamento jurídico da FENTECT já está tomando as medidas legais junto ao TST e Ministério Público do Trabalho para coibir tais atitudes da direção da ECT. A Fentect orienta que os trabalhadores permaneçam em greve e ampliem a mobilização.
 
Fonte/Autoria: Fentect
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo