Tenha uma boa noite! Hoje é Terça, dia 15 de Outubro de 2019. Agora são 21:39:20 hs
11 Ago

PLR 2013: TST recomenda proposta única Destaque

Na última quarta-feira, 6 de agosto, foi realizada no Tribunal Superior do Trabalho (TST) uma audiência de conciliação sobre o pagamento da PLR 2013, pois a ECT preferiu recorrer ao Tribunal. Na ocasião, estiveram reunidos os representantes dos trabalhadores e o vice-presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho.

O valor da PLR 2012, paga no último ano, foi de R$ 940,00, mas este ano os trabalhadores de base receberiam apenas R$297,00. Segundo a empresa, a redução é justificada pela queda do lucro da empresa de 1 bilhão de reais para R$325 milhões.

Nos anos anteriores, mesmo quando não havia acordo, a ECT pagava a PLR no mês de abril ou, no máximo, no Dia do Trabalhador, em 1º de maio. Entretanto, a PLR 2013 até o momento não foi paga.

Segundo o TST, existe a disponibilidade para negociação, porém o Tribunal deseja uma mesa única. De acordo com o ministro, é necessário tentar uma pauta comum com a outra representação dos trabalhadores dos Correios [a FINDECT]. Ives Gandra afirmou ainda que não será realizada reunião com a ECT enquanto não houver um proposta única das federações. Ele espera que a situação seja resolvida com mediações, de maneira informal, e que o dissídio coletivo seja evitado.


*Com informações da FENTECT
 
Fonte/Autoria: Laryssa Machado
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo