Tenha uma boa noite! Hoje é Segunda, dia 21 de Maio de 2018. Agora são 23:06:46 hs

Formação Sindical (17)

Eleições de delegados sindicais ocorrerão no dia 10

Visando representar o Sindicato em sua unidade de trabalho, 95 trabalhadores, sendo 62 da capital e 33 do interior, se inscreveram no processo eleitoral dos Delegados Sindicais 2017 do SINTECT-GO. As inscrições, que este ano ocorreu via email, fax, site e presencialmente, se encerraram na sexta-feira, dia 31. A votação ocorrerá no dia 10 de abril, em unidades em que a quantidade de candidatos for maior que a prevista. Já nas unidades com a quantidade de candidatos inscritos igual a quantidade prevista ( vagas), será definido por aclamação, conforme estatuto do SINTECT-GO .

A data e local da posse e do Curso de Formação Sindical serão divulgados posteriormente.

Processo eleitoral

Para cada grupo de 15 trabalhadores, a unidade elegerá um delegado e um suplente. Além disso, 50% + 1 do total da unidade também elegerá mais um delegado. Unidades com, no mínimo, sete trabalhadores têm assegurado o direito de eleger também um delegado e um suplente. O mandato de delegado sindical tem duração de um ano. 

Leia mais ...

SINTECT-GO realiza Curso de Formação Sindical no dia 02

No próximo sábado, dia 02 de abril, o SINTECT-GO realiza o Curso de Formação Sindical, gestão 2016/2017. O evento, que visa contribuir com a formação dos novos Delegados Sindicais, será realizado na Sede do Sindicato, localizada na Rua Anhangá, Quadra 32-A Lote 25 Vila Brasília -Aparecida de Goiânia. A cerimônia de abertura está prevista para ás 8h.

Durante o Curso de Formação Sindical haverá palestras e debates referentes ao Movimento sindical, importância do sindicato na garantia e ampliação dos direitos dos trabalhadores, além de outros temas atuais relevantes para a categoria.

Autoria: Laryssa Machado - Assessoria de Comunicação SINTECT-GO

Leia mais ...

Ecetistas participam do III Encontro de Atendentes Comerciais

                     

 

Atendentes comerciais da DR/GO participaram neste sábado, 12 de setembro, do III Encontro de Atendentes Comerciais de Goiás, promovido pelo SINTECT-GO. O evento, que foi realizado no Clube Ferreira Pacheco em Goiânia, debateu principalmente sobre a conjuntura política do país, saúde do trabalhador, assédio moral e Postal Saúde.

Ecetistas da capital e do interior compareceram ao evento. Eles relataram que estavam gostando do Encontro, pois, além de proporcionar conhecimento, ele também propicia a troca de saberes e experiências entre os atendentes.

Representando a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o ex-deputado estadual Mauro Rúben fez uma análise da situação política do país. Ele explicou que o Brasil está sendo acometido por uma crise política e econômica, e está última resulta, entre outras coisas, de crises pelo mundo afora, como a da Grécia.

Jornada excessiva no trabalho, desvalorização da profissão, atividades perigosas, assédio moral, pressão por resultados, ambiente físico inadequado, salário defasado, entre outros, são fatores que desencadeiam o desgaste psíquico, e consequentemente o transtorno mental do trabalhador. Segundo a Dra. Cristina Ramos do CEREST (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), entre os anos de 1998 e 2002, foram gastos R$ 1,82 bilhões em benefícios para trabalhadores com problemas ligados à Saúde Mental, tais como depressão, estresse, esquizofrenia e alcoolismo. Ela explicou como prevenir, identificar e tratar doenças mentais, tal como o Burnout.

Na segunda parte do evento, a advogada do Sindicato, Dra. Giseli Costa, explanou sobre o assedio moral e suas consequências no trabalho. De acordo com ela, o assedio moral se caracteriza pela exposição dos trabalhadores a situações constrangedora, repetitivas e humilhantes durante a jornada de trabalho.

Para informar os trabalhadores acerca das mudanças no plano de saúde, o Gerente da Postal Saúde – Núcleo GO explicou as diferenças entre o plano CorreiosSaúde e o plano Postal Mais Saúde.

 

Autoria: Laryssa Machado - Assessoria de Comunicação SINTECT-GO

 

Leia mais ...

Sindicato promove III Encontro Regional de Atendentes Comerciais

                                                                                  

Com o objetivo de debater as demandas referentes às atividades dos atendentes, o SINTECT-GO promove no dia 12 de setembro, o III Encontro Regional de Atendentes Comerciais em Goiás, que será realizado no Clube Ferreira Pacheco a partir das 8h. O Encontro visa ampliar a participação dos atendentes comerciais na busca por melhores condições de trabalho e na solução dos problemas diários.  Para participar, os interessados devem preencher a ficha de inscrição abaixo e enviá-la ao SINTECT-GO via email, fax ou diretamente na sede, até o dia 31 de agosto de 2015.

Durante o Encontro diversos temas relacionados aos atendentes comerciais são debatidos, entre eles: ações do Banco Postal, segurança nas agências, assédio moral e desvio de função. Os diretores sindicais e a equipe da assessoria jurídica estarão presentes ministrando palestras e esclarecendo dúvidas dos participantes.

*Salve a ficha de inscrição como imagem, imprima, preencha e a envie ao SINTECT-GO via email, fax ou diretamente na sede, até o dia 31 de agosto de 2015.

  • Por email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  •  Por fax: (62) 3280-4415
  • Sede do SINTECT-GO :  Rua anhangá , Quadra 32-A Lote 25 Vila Brasília, Aparecida de Goiânia – Goiás.

 

Autoria: Laryssa Machado - Assessoria de Comunicação SINTECT-GO

Leia mais ...

Curso de Formação Sindical é promovido pelo sindicato

O SINTECT-GO promove no dia 11 de abril o Curso de Formação Sindical, gestão 2015/2016. O evento, que visa contribuir com a formação dos novos Delegados Sindicais, será realizado na Chácara do Engenho, localizada na Rua 115, número 349, Setor Sul, em Goiânia. A abertura do curso está prevista para ás 8h.

Durante o curso, os novos delegados sindicais assistirão palestras e debates com temas referentes ao surgimento do Movimento Sindical, o sindicalismo atualmente, e a importância do sindicato na garantia e ampliação dos direitos da categoria, além de outras questões atuais e de grande importância para os ecetistas. 

Delegados Sindicais: Sua Participação no Curso é muito importante!

Confira abaixo como chegar na Chácara do Engenho.

Fonte/Autoria: Laryssa Machado - Assessora de Comunicação do SINTECT-GO

 

Leia mais ...

Inscrições para Delegados Sindicais são prorrogadas

Atendendo aos pedidos dos trabalhadores, o sindicato prorrogou o período de inscrições para o processo eleitoral dos Delegados Sindicais 2015 até o dia 07 de março, próximo sábado. Podem se candidatar todo ecetista filiado ao SINTECT/GO que deseja representar sua unidade de trabalho e, que acima de tudo, esteja disposto a colaborar com a organização e a luta da categoria.

A eleição será realizada entre os dias 12 e 13 de março nas unidades da DR/GO. A data e local da posse e do Curso de Formação Sindical serão divulgados posteriormente.


Imprima a ficha de inscrição aqui.

Leia mais ...

CUT realiza mobilizações em defesa dos direitos trabalhistas, da Petrobras e da Reforma Política

Diante da retirada de direitos e ameaça de desemprego, a CUT convoca todos os trabalhadores a participarem de amplas mobilizações que ocorrerão no país até o dia 1º de maio, dia do trabalhador. As manifestações serão realizadas em defesa dos direitos da classe trabalhadora, da Petrobras, da Reforma Política e do modelo de desenvolvimento de sociedade e Estado, com inclusão social e valorização do trabalho.

Manifestações em frente às Superintendências Regionais do Trabalho (“DRTs”), no dia 02 de março; e o Ato Nacional em defesa da Petrobras, dos Direitos e da Reforma Política, no dia 13 de março, serão ações prioritárias da mobilização.

Confira calendário das ações

24/2 –  Lançamento do Manifesto em Defesa da Petrobrás – Rio de Janeiro (CUT/FUP)

25/2 –   Negociação das Centrais Sindicais com o Governo – pressão via redes sociais

02/3   – Dia de Mobilização Nacional das Centrais Sindicais nas Superintendências Regionais do Trabalho (“DRTs”) – atos conjuntos em todas as capitais

03/3 – Lançamento pela CUT do Dossiê sobre Terceirização – Congresso Nacional – Brasília/DF

04/3   – Abertura Política do 12º CONCUT – 19h - Auditório Petrônio Portela – Brasília 

                        – das 9 às 17h: Seminário sobre Economia e Política

                        – às 19h: Solenidade de Abertura Política do 12º CONCUT         

08/3  – Dia Internacional da Mulher – atos em todo o país

09 a 11/3 –  Jornada de Lutas da Agricultura Familiar

13/3   – Ato Nacional em defesa da Petrobrás, dos Direitos e da Reforma Política – atos da CUT, com a FUP e Movimentos Sociais em todo o país (em especial nas capitais)

18/3  –  Ato das Centrais Sindicais no Congresso Nacional

9/4   –  9ª Marcha da Classe Trabalhadora com todas as Centrais Sindicais – São Paulo/SP

1º/5 –  Dia Internacional das trabalhadoras e dos trabalhadores com atos da CUT em todo o país

 

Leia aqui a convocação da CUT na íntegra

Leia mais ...

Abertas as inscrições para delegado sindical 2015

Estão abertas as inscrições para o processo eleitoral dos Delegados Sindicais 2015. Pode se candidatar todo ecetista filiado ao SINTECT/GO que deseja representar sua unidade de trabalho e, que acima de tudo, esteja disposto a colaborar com a organização e a luta da categoria. A eleição será realizada entre os dias 02 e 04 de março nas unidades da DR/GO. A data e local da posse e do Curso de Formação Sindical serão divulgados posteriormente. Os interessados podem se inscrever até o dia 28 de fevereiro.

Para se inscrever, o ecetista interessado deve preencher a ficha que se encontra abaixo e entregá-la pessoalmente no SINTECT/GO, enviá-la por e-mail, ou via fax. A lista completa dos candidatos será divulgada no site após o encerramento das inscrições.

O delegado sindical reforça o elo entre os trabalhadores e o sindicato, e seu papel principal é fiscalizar e denunciar o que acontece nas unidades. Além disso, o delegado deve representar, defender, ouvir e estimular os colegas ecetistas.

Confira aqui o texto: Delegado Sindical: Sua importância para a organização dos trabalhadores

Leia mais ...

Governo abre diálogo com centrais sindicais sobre medidas trabalhistas


As medidas provisórias (MPs) 664 e 665, que alteram as regras sobre pensão, auxílio-doença e seguro-desemprego, anunciadas pelo governo no fim do ano passado, não poderão ser revogadas, como reivindicam as centrais sindicais. O governo, porém, garantiu que o diálogo está aberto para negociar o conteúdo das normas.

O assunto foi discutido nessa segunda-feira (19) por quatro ministros e seis representantes de centrais sindicais, reunidos em São Paulo. Após o encontro, os líderes sindicais reafirmaram a posição de pedir a revogação das MPs, alegando que as medidas retiram direitos dos trabalhadores.

Diante da resistência na reunião, a alternativa encontrada pelas centrais foi incluir os trabalhadores na elaboração dos textos das MPs. “Se não vai revogar a medida, nós queremos discutir o conteúdo, porque somos contrários à forma como estão apresentadas”, disse o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas. “Então, é óbvio que se o governo aceita o processo de negociação, tem que estar aberto para fazer modificação nas medidas, atendendo às propostas que vamos fazer, porque senão fica sem eficácia essa reunião”, acrescentou.

Freitas argumentou que o Brasil passou por um processo de diferenciação no mundo, que gerou crescimento no mercado interno, criou empregos, não usando a fórmula tradicional do Fundo Monetário Internacional. Ele discorda da “ideia de que acabou o espaço para fazer uma política de crescimento na oferta de crédito e para fortalecer o mercado interno”.

Segundo o presidente da CUT, nem tudo se resolve com política restritiva e conservadora. “Nós [as centrais sindicais] não concordamos e achamos que isso é muito prejudicial aos trabalhadores”, disse.

O ministro Miguel Rossetto, da Secretaria-Geral da Presidência da República, conversou com os jornalistas ao fim da reunião. Ele avaliou como positivo o encontro e disse que, a partir de hoje, o diálogo está aberto com as centrais sindicais para a negociação do conteúdo das MPs. Rossetto apresentou algumas mudanças estruturais, que ocorreram nos últimos anos no país, para explicar as novas medidas do governo.

De acordo com ele, a criação de emprego, o aumento da formalização no mercado de trabalho, a entrada de 30 milhões no sistema previdenciário, o aumento da renda e do salário mínimo, além do crescimento da expectativa de vida, são fatores que mostram a necessidade dessas mudanças e exigem ajustes para garantir a sustentação do sistema de proteção social.

Miguel Rossetto disse ainda que as medidas têm a finalidade de manter os benefícios dos trabalhadores, sem comprometer a Previdência e o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). “[As medidas são] para que possamos preservar o conjunto de direitos dos trabalhadores, o sistema de proteção social, a sustentação dos fundos a médio e longo prazos”, completou.

Também participaram da reunião os ministros Carlos Gabas (Previdência Social), Nelson Barbosa (Planejamento) e Manoel Dias (Trabalho e Emprego).

Representando as centrais, estavam presentes os seis presidentes das entidades reconhecidas formalmente: Vagner Freitas (CUT), Miguel Torres (Força Sindical), Ricardo Patah (União Geral dos Trabalhadores), Antônio Neto (Central dos Sindicatos Brasileiros), Adilson Araújo (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) e José Calixto (Nova Central).


Reprodução: Agência Brasil

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto e Talita Cavalcante

Leia mais ...
Assinar este feed RSS