Tenha uma boa noite! Hoje é Quinta, dia 20 de Junho de 2019. Agora são 21:16:30 hs

SINTECT-GO (116)

Como defender os direitos trabalhistas diante de tantos ataques?

2019 não tem sido um ano fácil para a classe trabalhadora. Uma das primeiras ações do novo governo foi extinguir o Ministério do Trabalho, reduzindo a fiscalização das condições de trabalho e, principalmente, deixando os empregadores livres para descumprir a CLT.

Os ataques aos direitos trabalhistas vêm se acentuando desde a aprovação da Reforma Trabalhista, em 2017, que entre outras coisas, reduziu diversos direitos e liberou a terceirização da mão de obra. Na época, a Reforma foi aprovada sob diversos discursos de que a flexibilização da legislação proporcionaria a geração de novos postos de trabalho. No entanto, dois anos se passaram e o que vemos é um aumento de 12,7% de desempregados no primeiro trimestre de 2019, atingindo 13,4 milhões de desempregados*, e consequentemente o aumento do trabalho informal (motoristas de aplicativos, entregadores de comida, vendedores ambulantes).


Leia Nosso Boletim aqui.

Leia mais ...

Informe: Contribuição Sindical

A contribuição sindical, prevista na CLT, tem como objetivo ajudar no custeio das atividades do SINTECT-GO e é imprescindível para a organização e construção das lutas. Ela era recolhida pelos empregadores no mês de março de cada ano, mas com a Reforma Trabalhista, o recolhimento deixou de ser obrigatório.

Para que o sindicato seja representativo e atuante, é necessário que ele tenha forças e recursos para colocar em prática as ações necessárias para defender os direitos e interesses da categoria. Só é possível alcançar todos os objetivos da categoria com o apoio dos trabalhadores, os maiores beneficiados.

Os trabalhadores ecetistas que desejarem contribuir com o sindicato agora em março, devem autorizar o recolhimento via requerimento (aqui) e enviá-lo ao Sindicato até o dia 13 de março por email (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ), fax (62) 3280-4415, ou entregá-lo diretamente na sede do SINTECT-GO, localizada na Rua Anhangá , Quadra 32-A Lote 25 Vila Brasília, Aparecida de Goiânia – Goiás.

Baixe a autorização aqui

 

Leia mais ...

Delegados Sindicais 2019

Confira abaixo o nome e lotação dos delegados sindicais 2019

 

NOME  LOTAÇÃO
Adriano Idalino de Jesus AC Campinas
Ailton Jose de Brito CDD Bandeiras
Alan Fernandes da Silva AC Jaraguá
Alan Kardec de Jesus junior AC/UD inhumas
Albertino Miguel dos Santos CDD Rio Verde 
Alberto Marques de Jesus CDD Liberdade
Aldo Aristidis Borges CDD Rio Verde 
Alex Sandro Pereira CDD Liberdade
Alexandre Borges Ferreira CDD JK
Alfredo Gutemberg Pereira CEE Goiânia
Altemar Batista dos Passos CDD Bandeiras
André Ferreira Neto - Suplente CDD Trindade
Antonio Carlos de Oliveira Junior REAT/ Uruaçú
Antonio Marcos Teixeira Moraes CDD Marechal Rondon
Benjamim Pires  Cabral UD Rio Verde
Carla de Fatima Souza Cardoso CDD Pedro Ludovico
Carlos Arnaldo de Melo CDD Pedro Ludovico
Claudia Maria de Assis  CEE Esmeralda
Cleiton Ricardo Rodrigues Alves AC Minaçu
Cristiano Alexandre Mendonça Pereira CDD Guanabara
Daniele Vieira da Silva Brasil CTCE I Turno
Deivid Teixeira Camargo CDD Catalão
Divino Edson Vicente CTCE
Douglas Jose Ribeiro  UD Vera Cruz
Edimar Vicente Cordeiro CDD Vila Nova
Edivaldo Dias Soares  CDD  Itumbiara
Eugenio Querino de Morais AC Caldas Novas
Fabricio da Rocha Marcelino AC anapolis
Fernanda Eustaquio Andrade Silva CDD Bandeiras
Fernando Lopes de Santana CDD JK
Gabriel Paiva Barbosa CDD Pedro Ludovico
Geovane Segio de Souza CTCE
Helso da Silva  Magalhães CDD Ap. de Goiânia
Hilton de Oliveira Melo CDD Anápolis
Horacino Pereira dos Santos CDD Ap. de Goiânia
Irton da Silva Santana CDD Pedro Ludovico
Jefferson Nunes Cruz - Suplente CDD Anápolis
Jerri Borges de Oliveira CTCE III turno
Johnny Welbert Cardoso  CDD Anápolis
Jose de Jesus CDD Ap. de Goiânia
José Martins de Assunção CDD Bandeiras
Jose Pereira de Oliveira Junior                    CDD  Itumbiara
Joseneide Ribeiro de Moraes CDD Coimbra
Josivaldo Albuquerque da Silva                CEE Esmeralda
Juan Victor Mari Barbosa CDD Bandeiras
Larina varelo Dias CDD JK
Leandro Carneiro Soares CDD Coimbra
Leandro Jose da Silva UD Senador Canedo
Lourena Virginia Souza de Jesus Ribeiro AC Goias
Luciano Justo Junior CDD Marechal Rondon
Luciano Nunes da Silva CDD Vila Nova
Luiz Rogerio Araujo Silva CEE Esmeralda
Magno Nunes da Silva CEE Goiânia
Marcelo Mendes Maciel CDD Guanabara
Marcelo O. Borges CDD Padre Pelagio
Marcelo Oliveira Nunes da Silva CDD JK
Marco Wesley Leite CDD JK
Murilo Barros Cardoso CDD Rio Verde
Nelma Rodrigues Cordeiro Viana CTO
Olegario Fernandes Borges CTCE 
Oliver Gonçalves dos Santos AC Porangatu
Orlinda Batista Alves CDD Pedro Ludovico
Paulo Alberto Serano Junior  AC Niquelandia
Raimundo de Sousa Oliveira CDD Rio Verde 
Reginaldo A. Toledo CEE Esmeralda
Rodrigo da Silva Cardoso UD Senador Canedo
Rogerio da Silva Borges ( Suplente) UD Senador Canedo
Rogerio Sousa Silva AC Sta Helena de Goias
Rubéns Sebastião Ferreira AC Central
Sandra Carvalho da Silva CDD Bandeiras
Solom Silvio Garcez de Mendonça AC Canãa
Suely Silva Sousa Naves CDD Jataí
Tiago Alves Sousa CDD Trindade
Valdijan Francisco da Silva UD  Vera Cruz
Vanderléia Borges de Oliveria AC Central
Vicente Calisto do Amaral CDD Goiânia 
Wanderley da Silva Rosa CDD Anápolis
Washington dos santos Leite CDD Trindade
Wender Paulo de Morais Silva CDD Anápolis
Wesley dos Santos Cardozo - Suplente CDD  Itumbiara
Leia mais ...

Confira nome dos candidatos no Processo Eleitoral de Delegados Sindicais

A votação para eleger os delegados sindicais ocorrerá entre os dias 14 e 15 de fevereiro nas unidades onde mais de um trabalhador tiver se candidatado no Processo Eleitoral de Delegados Sindicais (confira nome dos candidatos abaixo). O curso de Formação Sindical ocorrerá no dia 23 de fevereiro na sede do SINTECT-GO, na Vila Brasília, Aparecida de Goiânia.

O Delegado Sindical é o re­presentante do Sindicato dentro de cada unidade da ECT. É o responsável por acompanhar de perto as demandas dos ecetistas e defender seus direitos, denun­ciando, se preciso, o que acontece nos locais de trabalho.

Lista dos Candidatos

Adriano Idalino de Jesus
Ailton Jose de Brito
Alan Fernandes da Silva
Alan Kardec de Jesus junior
Albertino Miguel dos Santos
Alberto Marques de Jesus
Aldo Aristidis Borges
Alexandre Borges Ferreira
Alfredo Gutemberg Pereira
Altemar Batista dos Passos
André Ferreira Neto
Antonio Marcos Teixeira Moraes
Benjamim Pires  Cabral
Carla de Fatima Souza Cardoso
Carlos Arnaldo de Melo
Claudia Maria de Assis 
Cleiton Ricardo Rodrigues Alves
Cristiano Alexandre Mendonça Pereira
Daniele Vieira
Deivid Teixeira Camargo
Divino Edson Vicente
Douglas Jose Ribeiro 
Edimar Vicente Cordeiro
Edivaldo Dias Soares 
Eugenio Querino de Morais
Fabricio da Rocha Marcelino
Fernanda Eustaquio Andrade Silva
Fernando Lopes de Santana
Gabriel Paiva Barbosa
Geovane Segio de Souza
Herika Cristina Silva
Hilton de Oliveira Melo
Horacino Pereira dos Santos
Irton da Silva Santana
Jefferson Nunes Cruz
Jerri Borges de Oliveira
Johny Welbert Cardoso
Jose de Jesus
José Martins de Assunção
JOSE PEREIRA DE OLIVEIRA JUNIOR                   
Joseneide Ribeiro de Moraes
Josivaldo Albuquerque da Silva               
Juan Victor Mari Barbosa
Larina varelo Dias
Leandro Carneiro Soares
Leandro Jose da Silva
Lourena Virginia Souza de Jesus Ribeiro
Luciano Justo Junior
Luciano Nunes da Silva
Luiz Rogerio Araujo Silva
Magno Nunes da Silva
Marcelo Mendes Maciel
Marcelo O. Borges
Marcelo Oliveira Nunes da Silva
Marco Wesley Leite
Murilo Barros Cardoso
Olegario Fernandes Borges
Orlinda Batista Alves
Paulo Alberto Serano Junior 
Reginaldo A. Toledo
Rodrigo da Silva Borges
Rogerio da Silva Borges
Rogerio Sousa Silva
Rubéns Sebastião Ferreira
Sandra Carvalho da Silva
Solom Silvio Garcez de Mendonça
Suely Silva Sousa Naves
Tiago Alves Sousa
Valdijan Francisco da Silva
Vanderléia Borges de Oliveria
Vicente Calisto do Amaral
Wanderley da Silva Rosa
Washington dos santos Leite
Wender Paulo de Morais Silva
Wesley dos Santos Cardozo
Wesneide de Oliveria Soares
Leia mais ...

TRT: dirigentes do SINTECT-GO prestigiam posse da nova diretoria

Os dirigentes sindicais do SINTECT-GO Elizeu Pereira, Joelcio Alves, Rilan Sales e Ueber Barbosa participaram nesta sexta-feira, 1º de fevereiro, da Solenidade de posse dos novos dirigentes do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, eleitos para o Biênio 2019/2021.

Durante a sessão solene, o novo presidente, Desembargador Paulo Sérgio Pimenta, destacou a importância de se defender, aprimorar e fortalecer a Justiça do Trabalho, fazendo menção à extinção do Ministério do Trabalho e as ameaças que esta área do Judiciário enfrenta de tempos em tempos. “Ocorre que, ao cumprir seu desiderato, a Justiça do Trabalho, não raro, desperta incompreensões e incomoda àqueles que, pretendendo a preservação de um status, buscam reduzir seus custos, o que muitas vezes traduz- se em precarização das condições de trabalho e redução do poder de negociação dos trabalhadores. Tal incômodo, por sua vez, resulta em ataques que insuflam propostas voltadas ao enfraquecimento ou até mesmo à extinção da Justiça do Trabalho”, afirmou em seu discurso (confira aqui).

Elizeu Pereira, secretário geral do SINTECT-GO, destacou que a participação do Sindicato na Solenidade evidencia o trabalho sério que tem sido feito junto à Justiça do Trabalho. “É essencial preservar e lutar pela Justiça do Trabalho, principalmente neste cenário em que o mercado levanta a tese de que a mão invisível do mercado vai regular as relações trabalhistas, representando um retrocesso histórico. O mercado visa o lucro para os donos do capital e para isso não medirá esforços na hora de retirar direitos dos trabalhadores. O Sindicato faz a sua parte cobrando, mas é a Justiça do Trabalho que delibera e faz cumprir a lei, tendo papel fundamental no combate a exploração e a retirada de direitos”, esclareceu o dirigente.

Leia mais ...

Ecetistas em Jataí cruzam os braços contra assédio da gestão

 

Os trabalhadores dos Correios em Jataí paralisaram suas atividades nesta segunda-feira, 19 de novembro, como protesto aos abusos da gestão. Dos 30 carteiros, 21 aderiram ao movimento, que reivindica uma posição da ECT em relação aos assédios e pressões praticados pelo gerente da unidade. A paralização será de 24h.

A deliberação do movimento ocorreu nesta manhã durante Assembleia, mas os trabalhadores já estavam em estado de greve desde o dia 05 de novembro.

 

Leia mais ...

Ecetistas em Senador Canedo e em Jataí podem deflagrar greve para o dia 19 de novembro

O SINTECT-GO convoca todos os trabalhadores filiados e demais interessados a participarem das Assembleias que serão realizadas no dia 05 de novembro, em Senador Canedo e Jataí, para deflagração de estado de greve e aprovação do indicativo de greve para o dia 19 de novembro a partir das 7h. Em Senador Canedo a Assembleia será realizada em frente ao CDD, situado na Avenida Aroeira, s/n Quadra 42 Lote 12/13, Setor Central, com primeira chamada às 16h. Já em Jataí, a Assembleia ocorrerá em frente à Agência/CDD situada na Av. Dr. Dorival de Carvalho, 1007 - St. Central, com primeira chamada às 16h30.

Os trabalhadores dos Correios em Senador Canedo reivindicam melhores condições de trabalho. Já os de Jataí cobram respostas da Empresa às reivindicações em relação à gestão da unidade.

Leia mais ...

Sindicato visita mais de 300 unidades e faz levantamento sobre condições de trabalho e quantidade de efetivo

Os dirigentes sindicais do SINTECT-GO visitaram mais de 300 unidades da DR/GO durante o mês de outubro aplicando um questionário para averiguar as condições de trabalho, número de funcionários, estrutura predial e outros fatores. O objetivo é verificar a situação das unidades do estado e assim explicar à população porque a qualidade dos serviços prestados pelos Correios caiu tanto e porque em muitas cidades não a serviço de entrega.

Segundo o secretário geral do SINTECT-GO, Elizeu Pereira, o maior problema dos Correios é a falta de efetivo, nos últimos dois anos 26 mil funcionários saíram da empresa. "No caso de Catalão, dos 43 carteiros originais restaram 26. Com isso, alguns bairros deixaram de contar com a distribuição de correspondências", explica.

De acordo com Elizeu, a falta de efetivo, péssimas condições de trabalho e como consequência a má prestação de serviço faz parte de uma estratégia para privatizar a Empresa. " Primeiro sucateiam a estatal, o que deteriora os serviços prestados à população que, por sua vez, começa a considerar a privatização - meta almejada por esse governo neoliberal - como uma boa saída, esquecendo que trata-se de alienar um patrimônio de 358 anos do povo brasileiro e que vai pagar muito mais caro pelos serviços", esclareceu Elizeu.

Leia mais ...

Congresso da categoria é convocado para novembro

A fim de cumprir seu Estatuto, o SINTECT-GO realizará nos dias 24 e 25 de novembro o VII Congresso Regional dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos em Goiás (CORTECT) no auditório do Hotel Serras de Goyaz, localizado na Av. Paranaíba, 1445 - St. Central, Goiânia. O primeiro dia do evento será iniciado às 8h.

O CORTECT é órgão máximo de decisão do SINTECT-GO, e é considerado um dos mais importantes fóruns da categoria. Ele deve ser realizado a cada três anos ou uma vez a cada gestão. É no congresso que os trabalhadores dos Correios em Goiás propõem e deliberam sobre mudanças no Estatuto do Sindicato; Aprovam resoluções e propostas para as mobilizações da categoria; Debatem temas relevantes para os trabalhadores; e Apresentam textos e teses sobre os temas apresentados na chamada do congresso.

Todos os trabalhadores filiados ao SINTECT-GO podem participar do Congresso, os quais são representados no Fórum pelos delegados e delegadas eleitos em suas unidades. De acordo com o Estatuto, a diretoria colegiada e todos os delegados sindicais eleitos são delegados natos.

Inscrição para delegados

As inscrições para delegado do VII CORTECT estarão abertas a partir do dia 05 de novembro a 15 de novembro de 2018. Quando o número de inscritos for superior à quantidade de vagas por unidade de trabalho serão realizadas eleições para definir os representantes dos trabalhadores. As eleições acontecerão entre os 19 e 23 de novembro.

Para se inscrever, os candidatos precisam ser filiados ao SINTECT-GO, preencher a ficha que se encontra abaixo e entregá-la pessoalmente na secretaria do SINTECT/GO, ou a um diretor do sindicato, ou ainda enviá-la por e-mail ou fax.

A listagem completa dos participantes do VII CORTECT será divulgada no site do Sindicato, após as eleições.

Não fique de fora, participe! Faça já a sua inscrição aqui

Mais informações leia o Boletim de Outubro

Leia mais ...

ELEJA CANDIDATOS QUE IRÃO DEFENDER SEUS DIREITOS!

As eleições deste ano tem uma importân­cia histórica para a classe trabalhadora e para o povo. Os últimos momentos do cenário político, econômico e social deixam ainda mais claro o acirramento da luta de classes em curso e a ofensiva do capital.

De um lado: os políticos que representam os empresários e grandes latifundiários que que­rem a todo custo retirar direitos dos traba­lhadores, acabando com a CLT, com os in­vestimentos na saúde, educação, segurança, com a previdência Social, reduzindo o papel do Estado no desenvolvimento econômico e social do país e assim entregar o controle, de fato, para o mercado neoliberal.

Do outro lado: a classe trabalhadora que vem sendo atacada, perdendo direitos e sendo exposta às condições de flexibilização/precarização das relações de trabalho, desvalorização do valor da mão de obra, e sem os serviços públicos básicos e essenciais como saúde, educação e segurança, além da diminuição do papel social do estado – Reforma Trabalhista.

Neste cenário devemos nos conscientizar que o voto por si só não é suficiente para representar um instrumento de transformação social e nem de fortalecimento da democracia. Ele precisa estar em confluência com a consciência politica, possibilitando o cidadão perceber os interesses que estão em jogo, e como eles podem afetar sua vida. É fazendo o enfrentamento que o povo conseguirá reverter à situação caótica em que o Brasil se encontra. E é com essa consciência que a classe trabalhadora deverá votar nas eleições do dia 07 de outubro e fazer consolidar seu projeto escolhido.

Nestas eleições, é necessário que a classe tra­balhadora participe do debate e esteja atenta não só às propostas apresentadas por todos os candidatos, mas também o que está em jogo como pano de fundo. O povo precisa eleger candidatos que invistam na educação pública de qualidade, na saúde, na ampliação de programas sociais, na geração de empregos, na capacitação da mão de obra, na conquista da casa própria, na realização de con­cursos públicos, no respeito aos direitos trabalhistas, no fortalecimento das estatais, nas instituições públicas em combate a corrupção e, sobretudo, no dialogo com a so­ciedade e fortalecimento da democracia.

Contudo, não é só na hora de eleger o presidente que a classe trabalhadora precisa votar consciente, mas também na hora de eleger os governadores, os senadores, deputados estaduais e deputados fe­derais, e assim garantir que o projeto escolhido nas urnas seja de fato realizado com estabilidade democrática, pois são estes três últimos que propõe, de­batem e aprovam leis sobre diversos temas, inclu­sive os ligados diretamente à classe trabalhadora.

 

CONFIRA O JORNAL "ECETISTA NA LUTA" AQUI

 

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS