Tenha uma boa noite! Hoje é Quinta, dia 20 de Junho de 2019. Agora são 21:12:31 hs

Conheça a proposta ridícula da ECT

 





Veja a proposta ridícula e desrespeitosa feita pelos Correios, que demonstra o descaso e a afronta aos 120 mil trabalhadores.

É inadmissível que uma Empresa do porte da ECT aja de forma tão covarde com seus trabalhadores, ignorando as perdas acumuladas e as péssimas condições de trabalho.

1) Reajuste de 3% aplicado sobre todos os salários com igual repercussão nas demais rubricas de remuneração;

2) Reajuste dos benefícios, que ficam mantidos, com a aplicação dos valores atuais do percentual de 3%, conforme abaixo:

  • Manutenção de todos os benefícios com reajuste pelo mesmo índice de 3%.
  • Vale I alimentação/refeição de R$ 25 para R$ 25,75
  • Vale II alimentação Cesta de R$ 140,00 para 144,20
  • Reembolso Creche/Babá de R$ 384,95 para R$ 396,50
  • Auxílio para dependentes e cuidados especiais de R$ 611,02 para R$ 629,35

3) A Cláusula 11 do Acórdão vigente permanecerá válida até que sejam implantados pela ECT, os aprimoramentos necessários à adequação dos normativos da ANS e do governo federal.

4) A manutenção das demais cláusulas do Acórdão vigente, decorrente do dissídio de 2011, executando as obrigações já cumpridas exclusivamente para o ano de 2011 e janeiro de 2012, assim como a cláusula do reajuste.

5) Mesas temáticas: a ECT se compromete a instalar mesas temáticas para discutir: condições de trabalho, saúde do trabalhador, questão racial, questão do gênero e anistia, sendo a primeira em até 30 dias da assinatura do acordo.

A presente proposta tem sua validade garantida pela Empresa para assinatura do acordo coletivo 2012/2013, pela via da negociação, aguardando resposta até o dia 09/08/2012.

Leia mais ...

Comando de Negociação se reúne com Comissão da ECT em audiência no MPT

 




O Comando Nacional de Negociação e Mobilização da Campanha Salarial 2012/2013 participou no último dia 3 (sexta-feira) de audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) com a Comissão de Negociação da ECT. O objetivo dos trabalhadores é denunciar o desrespeito da direção da empresa com marcação unilateral de reuniões e com a iniciativa de negociar “a toque de caixa”, criando atas fictícias para ajuizar o dissídio no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Isso é mais um golpe contra a categoria.

Os representantes dos trabalhadores deixaram claro na audiência a “inequívoca vontade de negociação dos trabalhadores” e propôs que seja definido um novo calendário de negociações na reunião de sexta-feira (03/08). No entanto, a empresa condicionou a continuidade das negociações à resposta de sua proposta ridícula e ilegal de 3%, inferior ao índice da inflação, e longe da nossa reivindicação de 43,7%. O Comando colocou que as assembleias que discutirão a proposta apresentada pela ECT serão realizadas no período de 08/08 a 16/08. No entanto, apesar da Comissão da Empresa tentar encerrar as negociações na reunião do dia 06, com a insistência do Procurador do Trabalho, a empresa admitiu “ser possível” continuar as negociações.

O Comando de Negociação ainda deixou claro durante a audiência que, em momento nenhum, houve ajuizamento de dissídio por parte da representação dos trabalhadores, como divulgou a ECT na última sexta-feira. Por isso, solicitamos que as negociações passem a ser transmitidas ao vivo, via internet. No entanto, a ECT se recusa a aceitar a transmissão para forçar o Acórdão de quatro anos do TST.

Fiquem atentos, companheiros, às provocações e confusões plantadas pela empresa em seus boletins para desestabilizar a Campanha Salarial. Reafirmamos o compromisso em continuar a apresentação e negociação de todas as cláusulas da Pauta de Reinvindicações. Vamos mobilizar as bases e recusar, nas assembleias, a pior proposta salarial já feita pela diretoria da ECT. Vamos aprovar uma moção de repúdio aos negociadores da ECT, que tentam por fim à Campanha Salarial.
 
Fonte/Autoria: Fentect
Leia mais ...

Direção da ECT afronta trabalhadores com proposta vergonhosa de 3%

 
Desde o início da Campanha Salarial 2012, a ECT tem tentado confundir os trabalhadores. Primeiro lançou mão de um calendário de reuniões elaborado de forma unilateral, sem levar em consideração o Comando de Negociação da Fentect.

Em seguida, ao iniciarem as reuniões, a direção da Empresa buscou promover uma "negociação a toque de caixa" e agora, para completar seu arsenal de abusos, apresenta uma proposta vergonhosa de 3% para a categoria.

Confira o Informe 004 do Comando de Negociação da Fentect
 
Fonte/Autoria: Daniela Martins • Assessora de Comunicação Sintect-GO
Leia mais ...

Assembleia aprova Pauta de Reivindicações e define representante de Goiás no Comando de Negociação

 
Em Assembleia Geral do Sintect-GO, realizada dia 19 de junho, a categoria aprovou e referendou a Pauta de Reivindicações, tirada durante o XI Contect, e definiu os nomes dos representantes de Goiás (titular e suplente) no Comando Nacional de Negociação da Fentect.

O titular será Eziraldo dos Santos Vieira, secretário de Finanças do Sintect-GO, e o suplente é Uéber Ribeiro Barboza (CDD Aparecida de Goiânia).

Os trabalhadores ainda aprovaram por unanimidade uma Moção de Repúdio à postura infantil, irresponsável e desrespeitosa do ex-sindicalista, agora Gerente de Negociações da ECT, Luís Eduardo Ceará.

Confira a Pauta de Reivindicações

 
Fonte/Autoria: Daniela Martins • Assessora de Comunicação Sintect-GO
Leia mais ...

Jornal da Fentect

 
Confira a edição de nº 1 do Jornal da Fentect, desta nova fase da Federação. A edição traz reportagens sobre a campanha salarial e toda a Pauta de Reivindicações que foi deliberada durante o XI Contect.

A pauta precisa ser ainda aprovada pelos Sindicatos nas assembleias que ocorrem até o próximo dia 25. Em Goiás, a Assembleia para aprovação da pauta está marcada para esta quinta-feira, 19, em frente ao Prédio Central dos Correios, na Praça Cívica.

Confira o Jornal da Fentect nº 1, edição de julho de 2012
 
Fonte/Autoria: Sintect-GO
Leia mais ...

Sintect-GO realiza Assembleia nesta quinta, dia 19

 




O Sintect-GO realiza na próxima quinta-feira, dia 19 de julho, a primeira Assembleia Geral relativa à Campanha Salarial 2012. Nesta data, os trabalhadores dos Correios em Goiás irão referendar a Pauta de Reivindicações elaborada no XI Contect e também escolher o representante do nosso Estado na Comissão de Negociação da Fentect.

É fundamental a participação de toda categoria, numa demonstração de união e força.

Compareçam!

PRINCIPAIS PONTOS DA PAUTA APROVADA NO CONTECT
>> Reajuste já de 43,7 mais R$ 200 de aumento linear
>> Piso salarial de R$ 2,5 mil
>> Vale alimentação/refeição no valor de R$ 35 por dia
>> Fim da avaliação do SAP
>> Entrega de correspondências pela manhã
>> Volta da data-base da categoria para dezembro.

ANOTE - ASSEMBLEIA GERAL

Dia: 19 de julho de 2012

Pauta:
>> Informes;
>> Referendo da Pauta de Reivindicações e
>> Tirada do representante de Goiás no Comando de Negociação

Horário: 18h00 (1ª chamada) • 18h30 (2ª chamada)

Local: Em frente à Agência Central - Praça Cívica, nº 11 - Centro
 
Fonte/Autoria: Daniela Martins
Leia mais ...

Campanha Salarial 2012/2013

 




Mal começa a Campanha Salarial e a gestão da ECT mostra que as velhas táticas (jogar a categoria contra os Sindicatos/Fentect) continuam. Ano passado, por exemplo, a pauta foi entregue dia 12/07 e só começaram a negociar dia 26/07 e boa parte da categoria não criticou a empresa.

Agora a Fentect propôs começar a negociar na mesma data que a empresa começou ano passado (26/07), em virtude dos andamentos para a composição do novo comando de negociação a ser definido nas assembleias.

Não acredite em tudo que a ECT irá divulgar em seus informativos internos, principalmente nos Primeira Hora extras sobre a Campanha salarial. Converse com as lideranças sindicais e tire suas dúvidas.

Veja os links com as cartas enviadas pela Fentect e a ECT em resposta as provocações da Empresa:

Ofício da Fentect à ECT CT/FEN 147/2012

Ofício da Fentect à ECT CT/FEN 151/2012

Ofício da ECT à Fentect CT GNEG/DERET 073/2012
 
Fonte/Autoria: Sintect-GO, com informação do Sintect/AL
Leia mais ...

Trabalhadores reivindicam 43,7% de reajuste

 




No XI Contect, os delegados aprovaram por unanimidade a pauta de reivindicação para a próxima Campanha Salarial. O índice aprovado pelos delegados e que já foi apresentado pela Fentect à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) é de 43,7%, sendo 33,7% referente a perdas + 10% de reajuste inflacionário. Além disso, foi aprovada a reivindicação de R$ 200,00 de aumento linear, R$ 2.500,00 de piso salarial e vale refeição de R$ 35,00 por dia.

Os delegados do XI Contect aprovaram também como pauta da Campanha Salarial o fim das horas extras e da terceirização, melhorias no plano de saúde, como a troca das guias médicas por cartão magnético, o fim do SAP e do SARC – duas políticas de super-exploração dos trabalhadores -,  a entrega de correspondências pela manhã, a mudança da data-base da categoria para setembro, contratação imediata de 30 mil novos trabalhadores e auxílio creche para homens. Essas e muitas outras reivindicações estão contidas na pauta da categoria.

Também foi aprovado nesse último congresso mudanças no estatuto da federação que passam a valer a partir dessa Campanha Salarial. Entre essas mudanças estão a de que os acordos salariais só serão realizados com a aprovação de 2/3 dos sindicatos em nível nacional, ao invés de 50% dos sindicatos mais um como era anteriormente.

O antigo comando de negociação também foi alterado nesse Contect. Antes, o comando era composto por sete membros da federação, agora será formado por um representante de cada base sindical e seis representantes da direção da Fentect, 41 representantes no total.

Essas mudanças são reivindicações antigas da categoria, que nunca haviam se concretizado. Este ano, com essas alterações, os trabalhadores poderão se defender de decisões arbitrárias da empresa tendo maior poder de pressão sobre a sua entidade nacional. Além disso, as decisões do comando, que a partir de agora se chama Comando de Mobilização e Negociação da Campanha Salarial (CMNCS), estão sob maior controle da categoria que poderá intervir diretamente em seus representantes, por meio dos sindicatos. O novo formato do comando é mais uma garantia para o trabalhador de que os representantes não estão tomando decisões contrárias aos interesses da categoria.

Acompanhe as informações da Campanha Salarial nessa página na internet e também nas redes sociais.
 
Fonte/Autoria: Fentect
Leia mais ...
Assinar este feed RSS