Tenha uma boa noite! Hoje é Terça, dia 15 de Outubro de 2019. Agora são 21:40:00 hs

Campanha Salarial: é hora de referendar a pauta e o calendário de lutas!

Com o término do 13º CONTECT, realizado entre os dias 31 de maio e 03 de junho em Brasília, a Campanha Salarial deste ano de fato agora se inicia! Assim, o SINTECT-GO convoca todos os trabalhadores e trabalhadoras de Goiás a participarem da Assembleia Geral e das Assembleias Regionais, no dia 11, para aprovar o Calendário de Lutas e referendar a Pauta Nacional de Reivindicações. Em Goiânia, a Assembleia será realizada em frente à Agência Central, na Praça Cívica em Goiânia, com primeira chamada às 18h30 e segunda chamada às 19h. Na ocasião, os trabalhadores presentes também deverão eleger um membro para o Comando Nacional de Negociação e Mobilização da FENTECT.

 

Mais informações em nosso último Boletim, leia aqui.

Leia mais ...

Reivindicações e calendário de lutas da Campanha Salarial são definidos no 13º CONTECT

O 13º CONTECT terminou na madrugada deste domingo, dia 03 de junho, após três dias de muitas discussões, construção de pauta e a eleição da nova diretoria da FENTECT. No segundo dia do Congresso, os trabalhadores construíram a Pauta Nacional de Reivindicações da Campanha Salarial 2018 e aprovaram o calendário de lutas da categoria.

Nesta Campanha Salarial, a categoria reivindicará 8% de reajuste salarial, R$300 linear, Ticket de R$45 (valor referente a cada ticket), vale cesta no valor de R$440, e reajuste de 8% nos demais benefícios. O índice econômico também foi construído e aprovado no 13º CONTECT.

 

Calendário de lutas

06/06/2018 - Sistematização da pauta

7, 8 e 9 de junho - Aprovação da Pauta pelos sindicatos

11/06 - Entrega da Pauta à ECT e instalação do Comando de Negociação

12/06 - Início das negociações

03/07 - Assembleia de estado de greve com indicativo de greve para o dia 18/07

16/07 - Término das negociações

18/07 - Assembleia de deflagração de greve

*Paralisação a partir das 22 horas do dia 18/07

*Demais assembleias intermediárias serão ajustadas pelo Comando de Negociação

 

Nova diretoria da FENTECT

A chapa eleita para dirigir a Federação nos próximos três anos é formada pela Articulação Sindical, MSB, CUT e MTC.

 

*Foto Reprodução: FENTECT

** Com informações da FENTECT

Leia mais ...

Campanha Salarial: Congresso para definição de pautas e reivindicações começa nesta quinta-feira

Na próxima quinta-feira, 31, tem inicio, em Brasília, o XIII CONTECT, que é realizado ordinariamente de três em três anos para que a categoria possa debater e buscar soluções para os problemas enfrentados nos Correios. Esta edição, que acontece até o dia 03 de junho, foi adiantada para que a negociação coletiva se iniciasse o mais breve possível, chegando a julho com acordo coletivo fechado.

Esta é a primeira campanha salarial da categoria após a aprovação da reforma trabalhista, que retirou direitos históricos da classe trabalhadora, conquistados com muito suor e muita luta desde o final da década de 80. Além disso, a Súmula 277, que garantia a ultratividade do acordo coletivo, foi extinta. Com esta súmula o acordo coletivo vigente prevalecia até que se fechasse um novo. Contudo, com sua extinção, ao final do período de vigência do ACT 2017/2018 em 31 de julho, a categoria poderá ficar sem acordo coletivo, possibilitando que a Empresa suspenda todas as conquistas de negociações coletivas passadas.

É bom lembrar que, na campanha salarial passada, a Empresa ameaçou, por diversas vezes, suspender o acordo coletivo a partir de 1º de agosto, porém ela não tinha as garantias legais para proceder com esta ação. Agora o cenário é outro, e a Empresa poderá suspender o acordo coletivo, uma vez que a reforma trabalhista, que entrou em vigor no dia 11 de novembro de 2017, fornece as garantias legais para tal ação.

Leia mais ...

Ecetistas de Goiás participam do XII CONTECT

Representantes do SINTECT-GO participam do XII Congresso Nacional dos Trabalhadores na ECT (CONTECT), que teve início nesta terça-feira, dia 16, em Luziânia (GO). Mais de 300 delegados de bases sindicais do país participam do Congresso, que irá, entre outras coisas, definir a Pauta Nacional de Reivindicações da categoria, os eixos e o Calendário de Lutas.

No discurso de abertura, representantes da FENTECT e de outros sindicatos salientaram que este será um ano difícil, mas que a categoria não pode desistir.

Leia mais ...

Trabalhadores reivindicam 43,7% de reajuste

 




No XI Contect, os delegados aprovaram por unanimidade a pauta de reivindicação para a próxima Campanha Salarial. O índice aprovado pelos delegados e que já foi apresentado pela Fentect à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) é de 43,7%, sendo 33,7% referente a perdas + 10% de reajuste inflacionário. Além disso, foi aprovada a reivindicação de R$ 200,00 de aumento linear, R$ 2.500,00 de piso salarial e vale refeição de R$ 35,00 por dia.

Os delegados do XI Contect aprovaram também como pauta da Campanha Salarial o fim das horas extras e da terceirização, melhorias no plano de saúde, como a troca das guias médicas por cartão magnético, o fim do SAP e do SARC – duas políticas de super-exploração dos trabalhadores -,  a entrega de correspondências pela manhã, a mudança da data-base da categoria para setembro, contratação imediata de 30 mil novos trabalhadores e auxílio creche para homens. Essas e muitas outras reivindicações estão contidas na pauta da categoria.

Também foi aprovado nesse último congresso mudanças no estatuto da federação que passam a valer a partir dessa Campanha Salarial. Entre essas mudanças estão a de que os acordos salariais só serão realizados com a aprovação de 2/3 dos sindicatos em nível nacional, ao invés de 50% dos sindicatos mais um como era anteriormente.

O antigo comando de negociação também foi alterado nesse Contect. Antes, o comando era composto por sete membros da federação, agora será formado por um representante de cada base sindical e seis representantes da direção da Fentect, 41 representantes no total.

Essas mudanças são reivindicações antigas da categoria, que nunca haviam se concretizado. Este ano, com essas alterações, os trabalhadores poderão se defender de decisões arbitrárias da empresa tendo maior poder de pressão sobre a sua entidade nacional. Além disso, as decisões do comando, que a partir de agora se chama Comando de Mobilização e Negociação da Campanha Salarial (CMNCS), estão sob maior controle da categoria que poderá intervir diretamente em seus representantes, por meio dos sindicatos. O novo formato do comando é mais uma garantia para o trabalhador de que os representantes não estão tomando decisões contrárias aos interesses da categoria.

Acompanhe as informações da Campanha Salarial nessa página na internet e também nas redes sociais.
 
Fonte/Autoria: Fentect
Leia mais ...
Assinar este feed RSS