Tenha uma boa noite! Hoje é Terça, dia 26 de Maio de 2020. Agora são 22:52:42 hs

Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador

Será realizada nos dias 17, 18 e 19 de março de 2014 em São Paulo, a 1ª Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora da CUT, portanto, as CUTs estaduais deverão realizar as etapas estaduais até dezembro de 2013.

Diante do exposto a CUT GOIÁS realizará no dia 22 de novembro – sexta-feira, a primeira Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora da Central no Estado.

As inscrições já estão abertas e prosseguem até às 15 horas do dia 21 de novembro, pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou através dos telefones (62) 3224 0169 ou 8596 9264.

Todas as entidades filiadas a CUT estão convidadas a enriquecer o debate da conferência estadual de saúde de Goiás. 

 
Fonte/Autoria: CUT/Go
Leia mais ...

Assédio moral, saúde da trabalhadora e previdência são destaques no Encontro de Mulheres


Terminou ontem em Luziânia (GO) o VXII Encontro Nacional de Mulheres Trabalhadoras dos Correios. O evento, que começou na segunda-feira (14), foi palco de diversos debates relacionados às mulheres ecetistas, entre eles a falta de condições de trabalho, longas jornadas, previdência social e assédio moral.

Um dos pontos de grande destaque no evento foi sobre o assédio moral. No segundo dia, a médica do trabalho e doutora em psicologia social, Margarida Barreto, apresentou o tema “Violência no Trabalho”, e explicou que o assédio moral ocorre devido à pressão generalizada para a produção. “Às vezes, a própria organização da empresa contém uma pressão generalizada para a produção, que gera angústia e ansiedade. É terrível dar o melhor de si e ouvir o tempo todo reclamações e comparações”.

Margarida Barreto falou sobre a importância de não se ficar em silencio, pois isso acaba dando forças para quem humilha e promove o sentimento de medo entre os colegas de profissão. “A empresa é corresponsável nesses casos. É dever do empregador manter um ambiente saudável, na prática. Nos Correios, por exemplo, casos de lesões por esforço repetitivo, acidentes e, fundamentalmente, a terceira patologia que mais aparece na instituição, transtornos mentais, são os mais contabilizados. É necessária, sim, uma política severa para combater e banir o assédio moral no ambiente de trabalho”, afirmou.

Ainda no segundo dia, a psicóloga especialista em saúde do trabalhador Maria de Fátima Duarte apresentou o tema “Políticas e Práticas de Saúde do Trabalhador para as Mulheres dos Correios”. Em sua palestra, a psicóloga explicou que as longas jornadas de trabalho pode afetar a saúde do trabalhador, causando estresse, traumas, acidentes, doenças psicológicas e, até mesmo, alterações nas esferas sexual e reprodutiva.

No último dia (17), Cláudia Muinhos Ricaldoni, Presidente da Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão (ANAPAR), falou sobre os fundos de pensão e ressaltou a importância das mulheres estarem atentas a eles.  Para ela, os brasileiros não ligam muita para a previdência, pois acreditam que serão jovens para sempre. “Acreditamos que vamos ser jovens para sempre, mas sabemos que devemos poupar e pensar nos nossos filhos. Acho complicado confiar cegamente nos administradores, quando há muito dinheiro envolvido. Não parece razoável”, destacou.

Dando continuidade no assunto, o diretor da Fentect, Rogério Ubine, apresentou um pouco da história do Postalis, fundo que visa oferecer e administrar planos para complementação de aposentadoria e cobertura para eventos de risco. Ele ainda explicou o que tem sendo feito pela Federação em relação ao Fundo.

O Encontro de Mulheres é um evento que possibilita o debate e a construção da unidade entre a categoria, além de ser uma oportunidade das mulheres compartilharem suas experiências e dúvidas relacionadas ao seu trabalho.

*Com informações da FENTECT

 
Fonte/Autoria: Laryssa Machado
Leia mais ...

Direito à saúde não se tira, se amplia. Postal saúde não!





Nossa luta não é só por melhorias salariais, mas também por melhores condições de trabalho e, principalmente, pela manutenção do Correios Saúde.

A empresa está aplicando mais uma rasteira na categoria, terceirizando o nosso plano e retirando direitos. Com a entrega do plano à iniciativa privada, o dinheiro que deveria ser aplicado na saúde do trabalhador passar a ser investido no mercado financeiro, assim como já é feito com o PostalPrev. E os prejuízos, neste caso, você já sabe de quem será: do trabalhador, é claro!

Os administradores dos Postalis e Postalprev, responsáveis por rombos e prejuízos, são os mesmos que vão administrar o Postal Saúde, o plano de saúde terceirizado.

A ECT quer aumentar o compartilhamento, criar taxa mensal, diminuir benefícios, dificultando a inclusão de pais e mães. É óbvio que quem vai perder somos nós, trabalhadores, para que eles lucrem cada vez mais.

E o que você vai fazer para impedir esse assalto aos seus direitos?
Vamos lutar pela manutenção e melhoria do nosso Correios Saúde. 

Exigimos que a empresa discuta com os membros da Fentect, ponto a ponto, as questões relacionadas ao nosso plano de saúde.

Queremos, sim, um plano mais moderno, com cartão magnético, ampliação da rede credenciada e outros avanços, mas sem retirar os direitos do trabalhador, que foram todos conquistados com muita luta.

Confira o Plantão da Campanha Salarial nº 04
 
Fonte/Autoria: Daniela Martins • Assessora Sintect-GO
Leia mais ...

Empresa oferece 5,2 % de reajuste e alteração no plano de saúde. Fentect cobra explicações

 




A Comissão Nacional de Negociação da Fentect participa agora pela manhã, em Brasília, de reunião convocada pela ECT para discussão da campanha salarial 2012. A empresa apresentou, conforme imagem abaixo, proposta de reajuste de 5,2% em todos os benefícios, menor índice inflacionário.

O secretário geral da Fentect, Edson Dorta, cobrou uma explicação da ECT. A proposta ainda contém cláusula da alteração no nosso Plano de Saúde, o que representa uma armadilha para os trabalhadores. Acompanhe aqui no nosso site maiores informações.
 
Fonte/Autoria: Fentect
Leia mais ...
Assinar este feed RSS